Voltar ao topo.Ver em Libras.
logo 24005

Um pouco sobre Trindade do Sul#

Trindade do Sul é um município do estado do Rio Grande do Sul com população estimada de 6.105 habitantes (IBGE/2009). Fica localizada na microrregião de Frederico Westphalen e faz fronteira com os municípios de Três Palmeiras, Gramado dos Loureiros, Nonoai, Entre Rios do Sul e Liberato Salzano.

foto morros trindade
Trindade do Sul fica na serra e seu clima é subtropical.
Sua área é de 268,42 km² representando 0,0998% do estado, 0,0476% da região e 0,0032% de todo o território brasileiro.

O Índice de Desenvolvimento Humano (mais conhecido pela sigla IDH) de Trindade do Sul, no ano 2000, era de 0,744, segundo consta no Atlas de Desenvolvimento Humano da PNUD.

Data da emancipação:15 de dezembro de 1987
Microrregião:Frederico Westphalen
Mesorregião:Noroeste Rio-Grandense
Altitude da Sede:640 m
Distância à Capital:322,66 km
Área Territorial:268,42 km²

História do município#

Vários foram os nomes dados à comunidade que existia na região de Trindade do Sul no início do século XX. Até a década de 20 toda a redondeza era conhecida como Serra do Lobo. O primeiro morador imponente do local foi João Trindade, que ficou conhecido pelas pessoas que passavam pela comunidade local a caminho do centro do país e assim com o passar do tempo a comunidade passou a ser conhecido como Trindade da Serra do Lobo. A família de João estabeleceu-se ali aproximadamente em 1930, dando origem ao primeiro núcleo de moradores. Posteriormente outras famílias, vindas de diversos locais, somaram-se à família Trindade, entre elas Bosa, Loureiro Machado, Madalozzo, Da Rosa e Barbiero.

Com o passar do tempo, Trindade foi desenvolvendo-se e surgiram as primeiras construções de escolas, igrejas, casas comerciais, bem como o cultivo da terra, através de plantações de feijão, trigo e milho, nos arredores do núcleo urbano.

foto aniceto lanzarin primeiro presidente da camara de trindade do sul
Aniceto Lanzarin: primeiro presidente da Câmara de Trindade do Sul.
A origem do nome de Trindade do Sul é uma homenagem a seu primeiro morador, Sr. João Trindade e o sufixo “do Sul” deve-se ao fato de existir ao nordeste da BR outra localidade denominada Trindade. O percentual étnico do novo Município era constituído em 30% por italianos, 10% por alemães, 10% por poloneses e 50% por mestiços.

Em 1964 houve a primeira tentativa de emancipar Trindade do Sul, porém, devido a problemas com leis Federais, acabaram por impossibilitar a emancipação.

Em 1982 houve outra tentativa emancipacionista, porém esta também foi frustrada, motivada por problemas diversos.

Finalmente, em 1985, a comunidade unida, a Comissão Emancipacionista, a Assembléia Legislativa e o Prefeito de Nonoai, todos somando suas forças, venceram os obstáculos e colocaram em prática o antigo sonho emancipacionista. Em 20 de setembro de 1987, realizou-se a consulta plebiscitária, quando vence a vontade popular, e em 15 de dezembro de 1987, pela Lei Estadual n° 8487, é criado oficialmente o Município de Trindade do Sul.
foto cidade vista aerea 2
Vista aérea de Trindade do Sul.

Composição da Comissão Emancipacionista#

Presidente:Luís da Silva Rosa;
Vice-presidente:Luís Dalla Rosa;
Primeiro secretário:Nelson Cigognini;
Segundo secretário:Hermes Vigne;
Terceiro secretário:Marja de Fátima Bosa;
Primeiro tesoureiro:Moacyr Madalozzo;
Segundo tesoureiro:Luiz Lanzana;
Terceiro tesoureiro:Ângelo Bareá;

Auxiliares: Luis Romildo Bocasanta, Arcelino Ferreira dos Passos,Pe. Ângelo Antônio Dal Piva, Eduardo Bosa, Antônio Alcântara da Rosa, Olides Bocasanta, Valdir Rosseto, Izolino Zeni, João Manoel Miranda, Celso Flores Rosa, Serafim Musa, Vilmar Alchieri, Aury Martins de Almeida, Jovino Ribeiro da Silva, Mário Ribeiro da Silva, João Eli da Rosa, Alberto Drachemberg, Fidelis Galatto. Ademar Reinheimer, Antônio Chagas, Alcides Fiuza de Oliveira, Nilson Dalpupo, Amaro Machado de Almeida, Lino Andrade, Irildo Basso, José Vedói, Leonel Lírio, Clomar Decesaro, Celso Lampugnani, Anildo Marangon, Irineu Modesti, Eduardo da Silva, Sebastião Pacheco, Dionísio Iora.

Ofen Tecnologia da Informação Painel de controle Feeds RSS